Tantra - Prana

B.K.S. IYENGAR explicou a ligação entre controle respiratório e os elementos:

Temos cinco elementos em nosso corpo. O elemento responsável pela produção de elixir da vida (pranã) é a terra . O elemento do ar usado como uma haste de batedeira, através da inalação e exalação, e a distribuição é feita pelo elemento do éter. O éter é espaço, e sua qualidade é que ele pode se contrair ou se expandir. Quando você inala, o elemento do éter se expande para tomada de ar. Na exalação, o éter se contrai para expulsar toxinas.
Dois elementos permanecem: água e fogo. Se existe um fogo, a água é usada para extingui-lo. Isto nos dá a ideia de que o fogo e água são elementos opostos. Com a ajuda dos elementos da terra, ar e éter, uma fricção é criada entre água e fogo, que não só gera energia como libera, tal como a água movendo turbinas numa usina hidrelétrica produz eletricidade. Para gerar eletricidade, a água tem que fluir a uma certa velocidade. Um fluxo inadequado não produzirá eletricidade. De modo similar, em nosso sistema, a RESPIRAÇÃO normal não produz essa energia intensa. Isto é porque estamos todos sofrendo de estresse e tensão, que geram circulação deficiente, o que afeta nossa saúde e felicidade. A corrente não é suficiente, de modo que estamos meramente existindo, não vivendo.
Na prática da PRANAYAMA, alongamos bastante a respiração. Desta maneira, os elementos do fogo e da água se reúnem, e este contato de fogo e água no corpo, com a ajuda do elemento ar, libera uma nova energia, chamada pelos YOGIS de energia divina, ou kundaliní shakti, e esta é a ENERGIA DO PRANÃ.

 Padma Sherab siddha Vajra, Instrutora de Tantra Yoga crt 1711 - (11) 3562-8945 e 99134-7623 Vila Nova Conceição - São Paulo - Capital 
direitos autorais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Retenção Seminal Tantra

A arte de Injacular - Chi Kung

Kundaliní e o Bindu