Mahamudra

Terapias Corporais 
 De tocar e sentir é estruturado o nosso ser. Poderíamos dizer que somos como nos sentimos. É através da pele que temos todas as informações sobre a textura, temperatura ou consistência. A pele é cheia de terminações nervosas sensitivas. No cérebro, existe uma área específica, que é dedicada ao toque. É o centro de processamento de toque, localizado no lobo parietal, em cima da nossa cabeça. É neste ponto que nós só realmente sentimos o que nós tocamos. Este é o ponto de partida de uma comunicação. A sensibilidade dos dedos é extrema e saber tocar é um ato de amor e doação - Sherab 

Atravessa as paredes do corpo, atravessa as paredes da mente, ultrapassa o coração. Torna-se um pequeno rio que flui, cria asas, voa. O corpo pede explicação aos sentidos, os sentidos buscam resposta na emoção, a emoção indaga à mente. A mente perde-se, acha-se, busca, quer conhecer, tenta perseguir a liberdade da alma e dá um passo. Todo o corpo, todo o coração, toda a mente, dá um passo. Respire, conheça, TRANSCENDA...
Tantra baseia-se na interligação e unidade do universo. O ser humano não existe isoladamente, mas faz parte do Uno e está ligado a toda a matéria no universo. O corpo humano no Tantra é visto como um microcosmo do universo, tudo o que existe no universo, existe também no corpo humano. 
Sacral Chakra:  Chakras são centros de energia. Há sete deles, que governam nossas propriedades psicológicas. Os chakras situados na parte inferior de nosso corpo são nosso lado instintivo, os mais elevados são nosso lado mental.

Nos Tantras o corpo se torna-se um templo em vez de ser o albatroz em volta do pescoço do Self. No sistema de crenças não-dualista, não há separação entre o mundo material e o mundo espiritual. Embora, como seres humanos que percebemos a dualidade em torno de nós, bom e mau, masculino e feminino, quente e frio, estas são ilusões criadas pelo ego, quando, na verdade, todos os opostos estão contidos na mesma consciência universal. Para nós Tãntrikas significa que tudo que você faz e tudo o que você sente, que vai da dor ao prazer, é realmente uma manifestação do Divino e pode ser um meio para aproximá-lo de sua própria divindade. No Tantra, o mundo não é algo para fugir ou superar, mas sim, até mesmo os eventos mundanos ou aparentemente negativos no dia-a-dia são realmente auspiciosos. Em vez de olhar para o samadhi, ou libertação do mundo, os Tantras ensinam a libertação através da compreensão do mundo. A abordagem não-dualista dos Tantras, com sua ênfase na unidade de todas as coisas, pode ser especialmente útil em tempos polarizados. Os Tantras são uma forma sistemática de transformar e transmutar nossas tendências dualistas - Sherab.
Sherab  siddha Vajra 
 (11) 3562-8945 e 99134-7623 Vila Nova Conceição SP DIREITOS AUTORAIS



Postagens mais visitadas deste blog

A arte de Injacular - Chi Kung

Kundaliní e o Bindu

Pompoar Masculino